"O inglês é a língua de alguns dos maiores clássicos da literatura mundial"

O inglês é a língua de alguns dos maiores clássicos da literatura mundial

Aprender Inglês Sozinho

Aprender inglês para entender os clássicos é uma delícia, principalmente se você ama o hábito da leitura.   E mesmo que você não seja um fã de livros, saiba que muitos professores de escolas e universidades, vão acabar pedindo em algum momento a leitura desses livros. A língua inglesa sempre foi uma língua cheia de cultura e vida, e graças a ela e seus autores, muitas obras famosas nasceram. Hoje, vamos conhecer algumas delas.

NORTHANGER ABBEY – JANE AUSTEN

  Com apenas 78.000 palavras, essa famosa obra de Jane Austen nos apresenta a história de Catherine Morland, jovem garota de férias na casa de vizinhos ricos. Aqui, você pode treinar todo seu entendimento de inglês, pois as obras da autora são excelentes para ver como era o inglês antigo.

 

 

 

OF MICE AND MEN – JOHN STEINBECK

  Essa obra retrará a história de profunda amizade entre Gerone e Lennie. Um ensaio incrível sobre a relação de pessoas de diferentes grupos sociais durante a grande depressão. Com linguagem simples e convincente, é bem provável que você tenda com facilidade grande parte da obra. Que tal começar a aprofundar no inglês ao ler um dos ganhadores do Nobel da Literatura?

 

 

 

FRANKENSTEIN – MARY SHELLEY

  Nosso conhecido Frankenstein, criado por Mary Shelley em 1816, é uma das obras bem difíceis mesmo para alunos avançados. Ao aprender inglês, você notará que o ritmo do livro e linguagem, principalmente, afinal, estamos falando do início do século XIX, são diferentes.

 

 

 

SHERLOCK HOLMES – ARTHUR CONAN DOYLE

  O famoso Sherlock Holmes possui histórias curtas e bastante acessíveis para todos aqueles que estão interessados na língua inglesa. De fácil leitura, é sempre bom começar pela obra mais famosa, The Hound of the Baskervilles, de apenas 59.000 palavras.

 

 

 

A CHRISTMAS CAROL – CHARLES DICKENS

Uma das novelas de maior importância na Grã-Bretanha, foi esta que Charles Dickens escreveu. Graças a ela, o natal começou a ser celebrado da forma que conhecemos no Ocidente. Já que ele nunca foi um feriado oficial com trocas de presentes, muita comida e família reunida. De certa forma, ele ajudou na cultura ao incentivar que essa data se tornasse uma tradição em vários lugares.

 

 

ANIMAL FARM – GEORGE ORWELL

  Escrito mais atualmente, a escrita de Animal Farm é mais fácil e engajador do que muitos outros da lista. Uma obra escrita de forma clara, direta e agradável para ler mesmo para iniciantes.

 

 

 

 

THE PICTURE OF DORIAN GRAY – OSCAR WILDE

  Obra recheada de humor seco, ritmo bem rápido e de certa forma desafiadora. A novela de 78.000 palavras é bastante acessível. Um texto recomendado por diversos professores de inglês, pois além de ser uma história interessante é de uma leitura bem prazerosa.    

 

 

 

 

 

DUBLINERS – JAMES JOYCE

  Se você gosta de várias histórias temáticas conectadas entre si, vai gostar de Dubliners. James Joyce mesmo sendo conhecido por ter uma escrita difícil, aqui nos conta uma história de forma bem direta. Obra escrita em dialeto de Inglês da Irlanda, ou Hiberno-Inglês, não possui grande dificuldades para leitores avançados.     Agora que já possui dezenas de opções, que tal escolher o gênero literário que mais te agrada e treinar sua leitura em inglês? Sempre é recomendável, se possível, acompanhar suas leituras com audiobooks para garantir que você saiba a pronúncia correta do que se está lendo. Uma valiosa dica para aqueles que estão começando é ler em voz alta, e se necessário, ler mais de uma vez o mesmo parágrafo. Sei que no começo parece difícil, mas com dedicação e paciência logo estará transcorrendo entre páginas e páginas. Afinal, para que aprenda inglês é preciso entender a cultura que sempre o utilizou.

 

VOCÊ TAMBÉM PODE SE INTERESSAR

0 Comentário

Deixar um comentário

Your email address will not be published.